Sobre Isa Lisboa

Se acreditasse poder definir-me numa só palavra, diria que a Isa Lisboa é uma escritora. Como são precisas muitas, direi que sou tudo o que vejo.

Frase da semana – Conhecimento e Sabedoria

writing-146913_960_720

“Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um ajuda-o a ganhar a vida. O outro a construir uma vida.”
 
(Sandra Carey)
Anúncios

Um gesto

Há alguns anos atrás, num momento difícil da minha vida, sentei-me num banco de uma carruagem de metro acompanhada de todos os pensamentos negativos que na altura me povoavam a mente.

A certa altura, esses pensamentos começaram a querer transformar-se em lágrimas e, como a maioria das pessoas faria, tentei contê-las a todo o custo.

Mas não consegui.

Agora, olhando para trás, acho que deixei de resistir em parte porque o metro estava quase vazio e achei que ninguém ia sequer reparar. Nessa altura, as pessoas ainda não viajavam com os olhos fixos no telemóvel. Mas viajavam com o olhar fixo num ponto perdido. Por isso, parte de mim deve ter achado que ninguém iria reparar. E a outra parte de mim, naquele momento, não queria saber se alguém reparava ou não.

Na verdade, alguém reparou.

A certa altura, uma senhora veio ter comigo e ofereceu-me um lenço de papel.

Talvez esta história fosse muito mais bonita se eu dissesse que naquele momento todos os meus problemas se dissolveram. Mas não foi assim. Foi preciso mais algum tempo para isso.

No entanto, aquele pequeno gesto foi um sinal de que podemos ter fé nas pessoas. E por isso, foi um sinal para ter também fé em mim mesma.

Olhando agora para trás, a esta distância, vejo que essas lágrimas também me ensinaram que não faz mal deixar as lágrimas cair. Desde que não nos afoguemos nelas.

As lágrimas podem ajudar-nos a lavar o coração. Mas se nos agarrarmos demais a elas, podem antes cristalizá-lo.

Cristalizá-lo não com o sal, mas com a dor.

Por essa razão, quando me oferecem um lenço de papel, eu aceito.

         © Isa Lisboa

Art 388© Benoit Courti (ArtPics)

Descobre- te Numa História – Workshop

Descobre-te numa história

Descobre- te Numa História

As histórias que chamamos de mitos, lendas e contos de fadas começaram a ser contadas oralmente, antes de a palavra escrita as levar mais longe. Estas histórias eram passadas de geração em geração e, mesmo após a escrita, o gosto por contar histórias perdurou.

Os nossos avós contavam histórias, aprendidas dos seus antepassados. Sentados à volta do fogo no Inverno e debaixo das estrelas nas noites de Verão. As palavras circulavam entre famílias, amigos e conhecidos.

Também quando éramos crianças, gostávamos de ouvir e de ler histórias, para adormecer e para sonhar.

“Descobre-te numa história” é um convite para voltares a ouvir histórias contadas. Mas também um convite a perceberes o que essa história te pode ensinar, como pode ser um guia na tua vida. Como pode ajudar-te a descobrir algo novo sobre ti.

A partir da leitura de um conto, um excerto de um livro ou outra forma de história, iremos em conjunto descobrir a mensagem que nos espera naquelas palavras.

Esta é a proposta  que vos faço, de um momento de reflexão e introspeção, para o próximo sábado, dia 11-11-2017, das 15h às 16h30m. 

Local: H3 Estética e Harmonia
Rua Alfredo Marceneiro, Loja 3H, Vila Fria, Porto Salvo, Oeiras

Informações e Marcações para: 
E-mail: h3esteticaeharmonia@gmail.com
https://www.facebook.com/h3esteticaeharmonia/

Mais informações em:

https://www.facebook.com/events/1996968800540094/

 

És um patinho, um cisne, ou…?

13254161_10154327208266055_3123607684567626145_n

É bem conhecida a história do patinho feio. Um patinho bem diferente dos outros, de quem os irmãos se riam e que cresceu triste e a sentir-se sozinho. Até que um dia vê no lago um conjunto de belas e majestosas aves. No final da história, percebe- se que o patinho feio é, afinal, um cisne. Um belo cisne!

Muitas pessoas já se identificaram com esta história em algum momento das suas vidas. Ou seja, já muitas pessoas se sentiram patinhos feios, diferentes, deslocadas, não aceites.
E, lembrando-se da história do patinho feio, anseiam pelo dia em que se tornarão um cisne. Um belo cisne.

Também foi assim que interpretei esta história durante algum tempo. Como a história de um patinho que era feio e se tornou belo.

Mas com o tempo entendi que o patinho só era feio porque não era um patinho. Sentia-se diferente e deslocado porque não estava onde pertencia. Não estava no seu lar e estava a tentar ser alguém que não era. E não se tornou num cisne – apenas percebeu que sempre tinha sido um cisne e decidiu seguir o seu bando verdadeiro.

Não se tornou mais belo. A sua beleza revelou-se e veio ao de cima quando ele descobriu quem era. E quando decidiu aceitar quem sempre tinha sido.

E tu, pronta(o) para descobrires quem és?

© Isa Lisboa

Mas vale a pena…

«Ernest Hemingway disse: “O mundo é um lugar maravilhoso e vale a pena lutar por ele.” Concordo com a segunda parte.»
In filme Seven

“Seven” é um filme sobre o lado cru e feio da vida, no filme simbolizado pelos sete pecados mortais.

Sim, o mundo nem sempre é um lugar maravilhoso. Sim, o mundo tem pessoas que cometem erros, pessoas que lucram de forma indevida, pessoas que agem com agenda própria, lucrando à custa dos outros. Sim.

Mas sim, o mundo também tem pessoas que são solidárias, pessoas que se preocupam. Mas sim, o mundo também tem heróis anónimos.

Por isso, sim, o mundo é um local pelo qual vale a pena lutar.

© Isa Lisboa

1604370_730827566989562_4523467328174876313_n